17 de mar de 2011

Aonde está.

Era grande o desejo. Não mais cabia em mim, escorria pelas minhas pernas e escrevia teu nome na mobília enquanto corria, gritava e machucava o meu ventre.

Era grande o desejo e de tanto que das minhas pernas escorria, ele secou.

Está grudada em minhas pernas a necessidade de você.

13 de mar de 2011

Confusões






















Hoje eu me descobri meio Clarice, com tudo me afetando por demais.
Ai pensei em ser um tanto quanto Bukowisk e tentar descobrir algo no fundo daquela garrafa que sorri escandalosamente para mim.

Ah, mas eu acho que precisava ser muito Jane Austen.

12 de mar de 2011

Sem-romantismo, sem nada.

Não existem detalhes pequenos de nós dois.
Tudo se deixa para depois.
Enquanto o nada acontece...
E nenhuma hora você vai lembrar de mim.

10 de mar de 2011

SMS que eu nunca vou mandar.


Não sei qual a sua "doença". Infelizmente eu não sou solução, com sorte algum problema.  Pensei em aparecer vestida de médica. Ou você prefere enfermeira?

7 de mar de 2011

Mea Culpa



Estava a pensar em todas as pessoas com quem me desentendi nesses últimos anos. Certas coisas teriam sido evitadas se eu tivesse conseguido ser mais clara, mesmo eu sabendo que não tive a intenção de tais desfechos. Pensei no que eu gostaria de poder dizer a elas. Não que eu vá procurar alguém... alguns eu não gostaria de rever e outros eu sei que não querem me ver:

"Eu sei das minhas culpas, sei dos meus erros. Como eu não soube expressar, vocês muito menos souberam ouvir. Eu sinto muito que as coisas tenham tomado tais rumos, mas descobri o que eu significava a vocês, frente a sua dificuldade em tentar me ouvir. Aprendi que é mais fácil condenar e apontar erros alheios do que ouvir. Sinceramente espero que sejam felizes."

Eu sei que já errei muito e que vou errar mais ainda, mas muitas coisas nesses caminhos de erro vão dar certo, como muitas outras já deram. 


5 de mar de 2011

Percalços...

Quem, de fato, tem medo do amor lobo-mau?

Diálogo, em um bar aleatório com muita gente:

Ele: É muito bacana poder sair com você, te acho incrível, mas preciso te falar, sinceramente não se apaixone por mim. Não sou um cara para casar e ter filhos e essas coisas... ao menos não ainda.

Ela: Por que você tá falando isso??

Ele: Não me ame. Eu não presto. Você é muito gente boa para eu deixar se enganar.

Ela: Quem diz que te amo? Só estou aqui pelo sexo, aliás, quando que ele chega?

4 de mar de 2011


"Ria de mim, mas estou aqui parada, bêbada, pateta e ridícula, só porque no meio desse lixo todo procuro o verdadeiro amor. Cuidado comigo: um dia encontro."

Caio Fernando Abreu, Dama da noite

2 de mar de 2011

Coito Interrompido


Você falou que vai se guardar para o carnaval. 
Não vai me deixar te gastar.
Ah, resolvi guardar a quaresma.

Alcoolismo-sóbrio da madrugada.

Você pode até achar que estou a mentir, mas saiba que não estou. 

Não estou apaixonada por você, não faço projeções sentimentais sobre o nosso futuro. O que eu sinto é mais simples, é visceral, é urgência. Também não pode ser resumido a puro sexo, pois se assim fosse, mais fácil ter outros, ou até mesmo um vibrador, do que ter você.

Você não me assombra pensamentos do dia a dia, assombra memórias e as vezes causa ilusões sinestésicas. Você é desafio, físico, mental, moral, e amoral. Ser alguém melhor e te dar o meu pior. 
Não faz sentido.
Assim como não faz sentido tentar dar bom dia para seu jornalista predileto na rádio.



Constatação: me ferrei duplamente.

Boa noite?