7 de jan de 2014

Love, love, love. What a feeling!



Histórias de amor não deveriam acabar nunca. Porque o amor em si nunca acaba. A história sim, porém o amor fica - ah, mas eu superei fulano e agora sou feliz com beltrano - ledo engano. Amor que é amor fica. Para alguns é como uma verruga incomoda. Se não se lembrar, aparentemente ela sequer existe, ou as vezes se apresenta de lembrança boa e gostosa. Em alguns pode chegar a ser uma dor sem fim. 

O amor é bom, as pessoas não são. O amor quer mais, as pessoas vivem dentro de faixas de segurança estritas e perdem o foco do amor. Focam no bem estar, na racionalidade.... Contar um segredo, quando apenas o cérebro decide, o coração não se sossega (chaga, verruga...), quando existe uma compatibilidade de gênios (racional e emocional), obtêm-se uma historia de amor sem fim. Com direito a tudo, até boas de prata, bodas de ouro, bodas de carvalho. O que a vida permitir. 

Um comentário:

  1. o amor é para corajosos... quando covardes se metem a amar, fatalmente alguma coisa vai dar errado.

    ao menos vão aprender alguma coisa e provavelmente vão sair com uma magoazinha do amor. rsrs


    bj, heat!

    ResponderExcluir