9 de jan de 2012


Estou cansada dessa necessidade de amar, de ter... ser. Tem algumas coisas quebradas em mim e a saúde já não é mais a mesma, apesar de não ter tanta idade. A vida está passando e vou indo, sozinha, dentro de um gerúndio eterno. Porque o ter é maior que o ser, e ainda nem sei quem sou. 

6 comentários:

  1. Tantas coisas ainda estão por vir, e depois de passarmos por elas chegaremos a conclusão de quem realmente somos. Não é isso? :)
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Heat e Brunna,
    É bem por aí.
    Sabe, Heat, tu fala pouco, mas fala bonito. Acho isso de uma felicidade ímpar. Gosto de pessoas assim. Me dou bem com elas.
    Beijos pra ti,
    Wanderlei
    www.o-cercadinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Heat,
    Vi comentários seus no blog "o cercadinho".
    O texto,o qual vc colocou o lin k lá e fala algumas das razões por vc estar solteira, na hora lembrei de coisas que já aconteceram comigo e também sou de Minas,rsrs.
    Acho que tem uma nuvem negra aqui em cima,pelos seres que aparecem por aqui,rsrs.
    Vc é de BH?
    Já estou te seguindo
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Vc é so maniaca-ou-depressiva ou tem mais qualidades? rs

    ResponderExcluir
  5. Esse gerúndio me cansa, pois me deixa com a sensação de funcionalidade. Porém,ele nasce de expectativas, de necessidades.
    O que fazer então?

    ResponderExcluir