24 de fev de 2013


Você não sabe
que fuzarca que era
o coração que
você conquistou.
Assim, com versos livres
e os melhores sorrisos
você o desamassou
e hoje ele brilha.

Te amo.

2 comentários:

  1. Eita! Ei dona moça! kkkkk O amor é lindo...

    Porreta!

    O Sibarita

    ResponderExcluir
  2. Fazia tempo que não vinha por aqui...estou aproveitando as férias para me atualizar com os blogs amigos.

    Lindo esse poema-pensamento!

    Abraço do Pedra

    www.pedradosertao.blogspot.com

    ResponderExcluir