7 de mar de 2011

Mea Culpa



Estava a pensar em todas as pessoas com quem me desentendi nesses últimos anos. Certas coisas teriam sido evitadas se eu tivesse conseguido ser mais clara, mesmo eu sabendo que não tive a intenção de tais desfechos. Pensei no que eu gostaria de poder dizer a elas. Não que eu vá procurar alguém... alguns eu não gostaria de rever e outros eu sei que não querem me ver:

"Eu sei das minhas culpas, sei dos meus erros. Como eu não soube expressar, vocês muito menos souberam ouvir. Eu sinto muito que as coisas tenham tomado tais rumos, mas descobri o que eu significava a vocês, frente a sua dificuldade em tentar me ouvir. Aprendi que é mais fácil condenar e apontar erros alheios do que ouvir. Sinceramente espero que sejam felizes."

Eu sei que já errei muito e que vou errar mais ainda, mas muitas coisas nesses caminhos de erro vão dar certo, como muitas outras já deram. 


3 comentários:

  1. É exatamente assim que me sinto também, sabia? Muitas coisas poderiam ter sido evitadas se eu tivesse sido mais clara... =/

    Você disse tudo no seu post!! Verdades, verdades...

    BJuu =*

    ResponderExcluir
  2. "Assim como falham as palavras para expressar um pensamento, falha o pensamento para entender a realidade." - Esse não foi o texto mas o contexto de um poema de Fernando Pessoa no qual reconhecia as limitações humanas de entendimento dos fenômenos ao seu redor e de comunicação, tudo em função de nossas limitações.

    Errar é natural, aprender com os erros é essencial.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostaria de unir uns 04 ou 05 blogueiros para fazer uma obra coletiva contendo poesias, contos e/ou crônicas. Vc escreve bem e tem um material bacana...seria legal fazermos algo.
    Se topar me avise.
    Bjs.

    ResponderExcluir