23 de nov de 2011


DESGRAÇADA! Era a melhor maneira de descrever-la diziam alguns, outros preferiam adjetivos mais vulgares filha-da-puta. Na verdade puta é essa vida, ou talvez seja injustiça. Maré de azar?? Tenho sérias dúvidas. Estava vazia... cretina, sem emoções. Peito quebrado e guardado dentro de uma caixa de metal resistente. Colete a prova de maledicência existe? Vou inventar um e ficar rica, porque fofoqueiros existem em toda parte. Adoraria dizer que é inveja pura, mas não gosto da soberba. Na verdade é apenas um viciante hobby: diminuir pessoas para sentir-se maior. Malditos humanos! Estou cansada dos seus movimentos!

2 comentários:

  1. Ahaaaa...vc voltou. Mais ácida do que nunca. E eu estou comemorando os últimos dias do ano. Em breve, só postarei ano que vem.

    Saudades de ler vc...

    P.:S: vc é muito criativa, achei bem interessante a ilustração sentimento por meio de uma pessoa voltando seu rosto no sentido contrário às piranhas....kkkk

    ResponderExcluir
  2. bom, que vc é perigosa, isso é evidente. E que tem personalidade tambem. O detalhe é que acho essas duas caracteristicas dádivas que, se não são divinas, ao menos são bem marcantes

    me senti mais vingado até...


    :)

    ResponderExcluir