4 de nov de 2011

A volta...

... em talvez nem tão grande estilo. 


Desajeitada para expressar
tudo o que desejava falar.
Acabava sempre calada
com a alma dobrada.

Ansiosa por um novo ar.
Acordada e a sonhar.
Mas novamente calada
e com a alma dobrada.

Um comentário:

  1. Não moça. Eu não tenho um Wilson. A sua pergunta é um eco que vez ou outra ouço. Não respondo. Porque a Ilha acolhe as possibilidades e dimensões que você vê. Eu sou um espelho, e minhas palavras, sementes. O que você quer colher? Como quer entender minhas palavras? Eu faço a costura mas quem se veste é você! :)
    Beijos...

    ResponderExcluir