25 de nov de 2011

Geni Pós-Moderna


Ela é imprestável, burra, incompetente. Não vamos bater porque é crime agredir alguém. Não vamos cuspir por ser anti-ético. Ainda não sabemos o que fazer com a estúpida Geni.  Ser polido e educado, convencional e sociável é o certo a ser feito. Pois somos um poço de bondade, toleramos sua incapacidade, maldita Geni!

Nada serve, nada adianta, certos males são incuráveis. Entretanto incompetência e ignorância são tratáveis, maldita Geni!

Quando cruza nossos caminhos, acontecem diversos erros e descaminhos, maldita Geni!

Felizes estamos porque vais embora, pena que não é agora, maldita Geni!



3 comentários:

  1. Apesar de não paracer, as qualidades da Geni se soprepoem aos seus defeitos.
    E a felicidade dela por ir talvez seja maior do que os que ficarão sem ela. XD
    Mas adorei o texto e a articulação com a música.

    ResponderExcluir
  2. Toda a descrição que vc fez da Geni me lembrou uma assistente que eu tive....kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Ahhh sim! aqui é que é o lugar! E como é bom ler algo assim, que contesta e espirra na cara. Eu já balancei pelo lado hipócrita e autentico, então ambos os sentidos da mensagem da Geni me servem. Que bom que me indicou aqui, realmente me identifico.

    Obrigado!

    ResponderExcluir