22 de jul de 2011


Na minha cama, você não deita mais.
Troquei o colchão,
pavimentei o chão. 
Coloquei novos lençóis
tem bordados de sóis.
Na minha cama, você não pisa mais.

2 comentários:

  1. Me fez lembrar de algo: Entre as idas e vindas, sempre havia um vínculo: O pinto amigo...kkkkk
    Hoje nem isso eu aceito. Livrai-me Deus. Quero o novo em toda a sua totalidade.hehe
    Adorei os sóis!!!

    ResponderExcluir
  2. Foto linda...adorei o poema. Vam os, menina, vamos publicar suas poesias.

    ResponderExcluir