6 de mai de 2010

"Quando se ama, se se vê ou ouve algo em desabono da amiga, não se deve crer nos olhos ou nos ouvidos, mas no que diz o coração."

Trovadores de Provença in:  O marido complascente, Marquês de Sade

2 comentários:

  1. as vezes devemos dar créditos aos ouvidos e aos olhos, e aos outros sentidos que o coração muita das vezes quer tentar traduzir.

    ResponderExcluir